<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, março 24, 2004



Politicamente correcto e hipocrisia

O "sheik" Amhed Yassim, cérebro da organização para-militar palestiniana que combate as forças de Israel, o Hamas, foi morto pelo exército e inteligenzia israelitas. Há já muito tempo que os serviços secretos de Israel tentavam liquidar fisicamente aquele homem de aspecto débil, com uma voz que ia com o vento das dunas, teraplégico e quase cego.
Yassim era uma figura que tinha todos os ingredientes para que a compaixão, tão típica do munfo ocidental e cristão, produzisse os seus efeitos.

Ora, o Sr. Yassim foi o cérebro de mais de um milhar de atentados em Israel perpretados por elementos fanáticos da sua organização terrorista com promessas de felicidade eterna no céu, ao lado de 77 virgens que os serviriam até ao fim dos séculos.

Os paises europeus e as respectivas polícias de segurança tinham-no como um bandido e como um elemento a ter em conta na organização do terrorismo global. Agora que ele está morto, e foi liquidado pelas forças de segurança de Israel, os estados europeus imbuidos do complexo de esquerda, esqueceram-se de como classificavam o Sr. Yassim, politicamente correctos, vieram à praça dizer que condenavam o Estado de Israel pela morte hedionda e selectiva de um dos maiores terroristas do Médio Oriente. Pura hipocrisia!

Talvez tenha sido o rosto "asceta", barbado e a "fragilidade" física de um homem cuja mente só tinha o objectivo de mandar matar em nome de Deus que tenh influenciado os inúmeros comunicados dos MInistérios de Negócios Estrangeiros. Ou então, o medo.

É evidente que nada explica a atitude bélica do Estado de Israel perante um povo miserável que só quer o direito a ter uma terra que lhe possa chamar País. Também não implica que na criação desse País esteja implícito a não existência de outro Estado, o Estado de Israel. E os esquecidos que se recordem; quem começou a luta pela auto determinação na região não foram os palestinianos, foram os judeus que lutaram pela posse da terra, pelas armas, até 1948 contra os britânicos. Estudem a história, caramba!!!

Disse.





| |

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AddMe.com, Search Engine Optimization and Submission Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com






br>


referer referrer referers referrers http_referer