<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, junho 02, 2005


O meu veneno

Conceitos

Desde sempre que se pretendeu uma Europa alargada, pervertendo alguns conceitos por que o Velho Continente se foi formando ao longo dos tempos. Mesmo assim, depois de muitos séculos de vida a Europa ainda não conseguiu manter uma linha firme, quer no aspecto económico, quer no aspecto político. E não vai conseguir, nunca.
As diferenças são mais que muitas; religião, desenvolvimento tecnológico, mentalidade. Os países nórdicos têm um pensamento mais ou menos comum, os países da Europa central divergem da noite para o dia, e os países do sul são tacanhos, pois ainda não conseguiram sair debaixo da bota do catolicismo apostólico romano. Os países que têm um catolicismo mais profundo são também os mais atrasados, ao contrário dos países que foram influenciados pelo protestantismo.
Ora, os dois NÃO europeus ao Tratado que estabelece uma Constituição para a Europa vão, precisamente, ao encontro do que diz o resumo do mesmo tratado afirmando que "A construção europeia marcada pelos diferentes Tratados concluídos ao longo dos anos, tornou-se actualmente um conjunto pouco legível".
Mais, ainda, é que não se sabe se é uma Constituição ou se é um Tratado. Os legisladores dizem que, afinal, a Constituição é um Tratado. Bem! É uma Constituição ou é um Tratado? Como é que querem que os diferentes povos votem favoravelmente uma Constituição ou um Tratado, se até o legislador não é assertivo sobre o assunto?
A Europa é uma salgalhada de nações desnorteadas perante a afirmação dos Estados Unidos da América que, para o bem ou para o mal, sabe o que quer, e afirma-o em todas as direcções.



| |

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AddMe.com, Search Engine Optimization and Submission Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com






br>


referer referrer referers referrers http_referer