<$BlogRSDUrl$>

sábado, janeiro 21, 2006

O meu veneno

Já há salas de fumo, e morre-se de cancro do pulmão, cada vez mais. Há salas de álcool e morre-se de cirrose hepática cada vez mais. Há salas de sexo e morre-se cada vez mais de doenças sexualmente transmissíveis. Porque não há-de haver salas de chuto para jovens, e não jovens, se injectarem com heroína, cocaína, fumarem haxixe, canabis, etc? Cada um escolhe a forma como quer morrer. O problema é que cada vez mais gente se torna incompetente, incapaz de tomar decisões, amorfa, com arnês, coleira, e, a única coisa que sabem fazer é balir como as ovelhas.
Eu sou um homem com sorte. Apesar de já estar a ser governado por um bando de incompetentes, há mais de cinquenta anos, a geração do álcool e da droga e das salas de chuto, ainda não tomou o poder.

a língua portuguesa

toco-lhe na aba
e a pronúncia da mesquita mística
leva-me para o sul.

é uma viagem peregrina
a que vou, de santiago a al-andaluz
provocando-a, saboreando-a

no fruto que se solta dos lábios
e vai na borla da vela marinheira
espraiar-se na areia emigrante

na vida a que vai, na vida a que vem
veste-se de fogo, veste-se de novo
e o rosto tem a candura, sempre

da chama com que nasceu.

josé félix

| |

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AddMe.com, Search Engine Optimization and Submission Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com






br>


referer referrer referers referrers http_referer