<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, novembro 02, 2006

9.

a mão que prende a frase
na iniciativa
da construção perfeita; qualquer morte
é a substância da semente única

da vida que sobre ela
vai cavando
falecimento, da constância tida
ao logo do caminho caucionado.

porém, uma palavra se desprende
dos dedos na falésia do gesto
no voo aquecido da memória.

a ideia construída permanece
na convulsão do caos. vai ardendo
tímido lume no braseiro de cinzas.

josé félix in teoria do esquecimento.

| |

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AddMe.com, Search Engine Optimization and Submission Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com






br>


referer referrer referers referrers http_referer