<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, setembro 27, 2007

O meu veneno

O que se passa em Porto Salvo?

Há alguns dias fiz uma procura avançada no Google para obter uma informação onde consta o nome de Porto Salvo. O meu espanto foi tão grande por ter sido conduzido para várias páginas da Rede destinadas à prostituição e ligações de sexo pago. Todas as páginas visitadas, norte-americanas, espanholas e brasileiras indicavam meninas e senhoras de Porto Salvo para com binações e encontros sexuais acobertados por «linhas» de amizade.
Porto Salvo é uma freguesia da cidade de Oeiras que faz parte da Região Metropolitana de Lisboa.
As entidades judiciais portuguesas andam distraídas ou não têm funcionários competentes para saber o que se passa em Porto Salvo.
Preocupam-se muito mais em proibir um sítio na Internet de informar os utilizadores das ligações televisivas que transmitem jogos de futebol. Não fazem streaming ou seja não roubam o sinal de qualquer estação de televisão para passarem aos utilizadores. Limitam-se a informar que as televisões x, y ou z estão a transmitir os jogos das ligas europeias.
O que se passa em Porto Salvo? Nada! Se não se fala não existe. A verdade crua e nua é que as ligações dos sites contêm as fotografias das meninas e a forma como contactá-las para práticas sexuais.
Eu não sou contra a prostituição desde que seja legal e ou legalizada. A prostituição tem a finalidade de acalmar tensões sociais e ela sempre existiu com essa finalidade e, também como uma indústria, sendo esta a maior do mundo. O problema é porque, quase sempre, só, aparecem indicadores de meninas residentes em Porto Salvo, e algumas, poucas, de Terrugem, uma freguesia do concelho de Sintra. Isto prenuncia uma rede que é urgente detectar.
As autoridades andam a dormir ou andam entorpecidas com assuntos menores.

| |

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AddMe.com, Search Engine Optimization and Submission Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com






br>


referer referrer referers referrers http_referer