<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, maio 15, 2008

O meu veneno

O país duplicado

Temos um país duplicado. Um estado de direito para os governados e um estado de direito para os governantes. Uma justiça para os homens de colarinho branco e uma justiça para o povo. Taxas para as grandes empresas menos onerosas e taxas mais caras para as pequenas e médias empresas. Temos uma ASAE que multa quem fuma e um Director Geral da ASAE que fuma onde não deve. Temos um primeiro-ministro que fuma onde não deve mas que proibe o governado de fumar em aviões, restaurantes sem espaço próprio para fumadores.
Apesar de o primieiro-ministro ter pedido desculpa publicamente não o inibe de ser sancionado pela lei com a devida multa para além de ser sancionado pelo povo que governa e tem que cumprir a lei sob o peso da justiça.
Neste país duplicado não vai demorar muito tempo para que alguém se desculpe com a falta de moral do primeiro-ministro para não pagar multas após prevaricação da lei.
É o país que temos e que merecemos.


a fuga da língua .5


é plácida e ilúcida
a serpente da palavra

na pele sete vezes renovada
vêm cânticos de futuro

procuro-te como guilgamesh
ó som imortal perdido

no eco profundo do poço.

morre-te! vive-te!

josé félix in a fuga da língua

| |

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AddMe.com, Search Engine Optimization and Submission Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com






br>


referer referrer referers referrers http_referer